domingo, 21 de maio de 2017

Data de Expiração



Você está cego ao que está na frente de você
O que você sabe sobre a verdade
Desvalorizados assim que nascemos
Não fomos feitos para durar
Apenas corpos feitos e fabricados
Nós estamos lutando pela extensão da nossa vida 
Estamos vivendo para a expiração

Embaixo da superfície nós não somos maquinas
Embaixo da superfície nós somos sonhos vivos

A morte vive próxima

Em algum lugar meu coração bate em silêncio
Eu fiz o meu caminho através da violência
Ninguém vive para sempre

"É uma pena que você não vá viver. Mas, afinal quem vive?"

Minha vontade infinita pela resolução
Ecoando desde da minha criação
Estou vivendo pela expiração

Embaixo da superfície nós não somos maquinas
Embaixo da superfície nós somos sonhos vivos
A morte vive próxima

Em algum lugar meu coração bate em silêncio
Eu fiz o meu caminho através da violência
Ninguém vive para sempre

Embaixo da superfície nós não somos maquinas
Embaixo da superfície nós somos sonhos vivos
A morte vive próxima

Nenhum comentário:

Postar um comentário