sábado, 17 de junho de 2017

Um final plausível


 
deveria haver algum lugar para onde ir
quando você não consegue mais dormir
ou você cansou de ficar bêbado
e a erva não funciona mais,
e não me refiro a passar
para o haxixe ou cocaína,
eu me refiro a um lugar para ir além
da morte que está esperando
ou do amor que não funciona
mais.

deveria haver algum lugar para onde ir
quando você não consegue mais dormir
além de um aparelho de TV ou um filme
ou comprar um jornal
ou ler um romance.

é não ter esse lugar para onde ir
que cria as pessoas agora nos hospícios
e os suicídios

e suponho que aquilo que a maioria das pessoas faz
quando não há mais lugar algum para onde ir
é ir a qualquer lugar ou fazer qualquer coisa
que dificilmente as satisfaça,
e esse ritual tende a aplainá-las
até que consigam prosseguir de algum modo
mesmo sem esperança.

essas caras que você vê todos os dias nas ruas
não foram criadas
inteiramente sem
esperança: seja generoso com elas:
assim como você
elas não
escaparam.

– Charles Bukowski. As pessoas parecem flores finalmente.

domingo, 21 de maio de 2017

Data de Expiração



Você está cego ao que está na frente de você
O que você sabe sobre a verdade
Desvalorizados assim que nascemos
Não fomos feitos para durar
Apenas corpos feitos e fabricados
Nós estamos lutando pela extensão da nossa vida 
Estamos vivendo para a expiração

Embaixo da superfície nós não somos maquinas
Embaixo da superfície nós somos sonhos vivos

A morte vive próxima

Em algum lugar meu coração bate em silêncio
Eu fiz o meu caminho através da violência
Ninguém vive para sempre

"É uma pena que você não vá viver. Mas, afinal quem vive?"

Minha vontade infinita pela resolução
Ecoando desde da minha criação
Estou vivendo pela expiração

Embaixo da superfície nós não somos maquinas
Embaixo da superfície nós somos sonhos vivos
A morte vive próxima

Em algum lugar meu coração bate em silêncio
Eu fiz o meu caminho através da violência
Ninguém vive para sempre

Embaixo da superfície nós não somos maquinas
Embaixo da superfície nós somos sonhos vivos
A morte vive próxima

Amores proibidos



Sob ruas inundadas de solidão e lamúria andei
Percorrendo por entre os murmúrios de decepção e ódio
Nas mais gélidas e pacíficas noites debrucei-me em repúdio, pois amei.
Amei o inamável, o desgosto, o sofrimento e frustração.
Me opus à lógica, joguei-me nas traças do destino na sua mais pura decepção.
Eu bebi dos amores proibidos, 



Traguei o ar impuro dos suspiros e suas dores
E hoje, refém das duras escolhas, sou imersa nas consequências.
Eu bebi o mel dos teus lábios, a cura e o veneno dos meus anseios.
E quando penso não ter surtido efeito, eis que me encontro no mais sutil deleite.
Êxtase de dor, súplicas do teu ser, ressaca do que não bebi
– teu amor.

Thais Porto

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Bem morto

discurso vazio e pretensioso lambuzado em muros
santificados
repetidas e repetidas vezes
até que quase todo mundo acredite que é
viável.
afetações dos séculos aceitas
como Arte.
cuidado com os livros didático, cuidado com as bibliotecas,
cuidado com as galerias,
cuidado com o pai e o professor.
cuidado com a mãe.
nascemos numa civilização atordoada
por uma mediocridade esmagadora.
o que está diante de nós é um truque, uma
ilusão, uma mentira.
o útero nos cuspiu num cano de esgoto.
novos deuses são necessários.
novas portas precisam ser abertas.
esperamos tanto por tão pouco.
devemos romper o cerco.
essa obscuridade fede a nós,
aqui.

Bukowski

domingo, 15 de janeiro de 2017

Minha igreja é negra





Você está de pé há muito tempo na margem
Você tenta afugentar seus pensamentos
Você quer sentir a terra que você está procurando
Você quer se mover, mas perdeu o furor
Você quer orar, mas esqueceu as palavras
que está procurando
Mas os primeiros passos estão em seu coração
Algumas respostas vêm das lágrimas e da escuridão
E todos os sinais estão no coração
Às vezes você deve fechar seus olhos
Ver
Quem é você

Minha igreja é negra
Meu cristo está frio
Minha cruz está pálida
Toda esperança se foi

Minha igreja é negra

Minha igreja é negra
Meu cristo está frio
Minha cruz está pálida
O inferno é minha casa

O inferno é minha casa

Minha igreja é negra

Minha igreja é negra
Meu sangue corre frio
O sol não brilha mais para mim

Não me diga mais

Negra é a lua
Frio é o sol
Cante aleluia
Nenhum reino virá

Nenhum reino virá

sábado, 14 de janeiro de 2017

Together but allein



Cercado de sorrisos
Abraços e companhias
Fraternos comprimentos
E palavras de alegrias
Mas dentro do abismo da alma
A solidão é perene
Por mais que as fúteis tentativas
De encaixes sejam tentadas




A sensação desolada de não pertencer
A este lugar é gritante
Sorrisos camuflam os reais sentimentos
De quem esqueceu há muito
Certas sensações
Em um mundo onde máscaras sociais
São uma necessidade fundamental
Esta é a minha
A de pertencer a isso

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Cego, surdo, mudo e ..... MORTO !!!



“O maior inimigo do conhecimento não é a ignorância, mas sim a ilusão da verdade”
― Stephen Hawking
"Um pouco de cultura é uma coisa perigosa."
― Alexander Pope
"A estupidez é infinitamente mais fascinante do que a inteligência. A inteligência tem seus limites, a estupidez não.”
― Claude Chabrol
“Não há nada mais terrível que a Ignorância”
― Goethe,1749-1832.
“Se me perguntar o que é a morte! Respondo-te: a verdadeira morte é a Ignorância. Quantos mortos entre os vivos!”
― Pitágoras, 582-497, AC.
“A ignorância é a noite (escuridão) da Mente!”
― Confúcio,551-478,AC.
“A diferença entre um homem sábio e um homem ignorante é a mesma entre um homem vivo e um cadáver.”
― Aristóteles, 384-322, AC.
“Dar conselhos a um homem culto é supérfluo; aconselhar um ignorante é inútil.”
― Sêneca, 65-2, DC.
"A sabedoria e a razão, falam; a ignorância ladra.”
― Arturo Graf, 1848-1913.
“Nada no mundo é mais perigoso que a ignorância.”
― Martin Luther King,1968.
“Todo aquele que não sabe, seja quem for, pode e deve entrar no rol do vulgar.”
― Miguel Cervantes, 1547-1616.
“O tolo, quando erra, queixa-se dos outros; o sábio queixa-se de si mesmo.”
― Sócrates, 469-399, AC.
“O preconceito é filho da ignorância.”
― William Hazlitt
“Ao expandirmos o campo do conhecimento apenas aumentamos o horizonte da ignorância.”
― Henry Miller
“A ignorância dos pseudointelectuais faz com que eles sejam massa de manobra de tiranos que manipulam a maneira de pensar do povo através do racionalismo corruptível dos seus argumentos e da admiração do senso comum às rebuscadas palavras do "dito intelectual.”
― Messias Figueirêdo
"A população geral não sabe o que está a acontecendo, e eles nem sequer sabem que não sabem"
— Noam Chomsky.
“A ignorância é uma espécie de bênção. Se você não sabe, não existe dor. Provavelmente exista, mas é a maneira como eu expresso a coisa.”
― John Lennon
“A felicidade plena só é possível para aqueles que não fazem perguntas, ou seja, a ignorância é uma benção!”
― Rafael Silveira
“Aquele pensa que sabe muito, mas não sabe de nada, e a sua ignorância é tanta que nem sequer está em condições de saber aquilo que lhe falta.”
― François Fénelon