Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Best of 2010

Imagem
Na minha opinião o melhor e o que mais ouvi nestes últimos meses:

Thulcandra - Fallen Angels Dominion


Watain - Lawless Darkness


Melechesh - The Epigenesis


Rotting Christ - Aealo


Keep of Kalessin - Reptilian


Therion - Sitra Ahra


Kataphero - Demo 2010


Autopsy - The Tomb Within (EP)


Ov Hell - The Underworld Regime


Infamous Glory - Deathstrike Revenge


Unleashed - As Yggdrasil Trembles


Thorns Of Evil - Old Souls Of Destruction


Genocídio - The Clan


Maniac Butcher - Masakr

Um Psicopata Ibirubense

Eis um pouquinho de ócio criativo

“Sabe quando o dia ao invés de nascer, parece que ele foi cagado, pois bem, este é um desses dias. A noite foi um inferno e o dia promete ser um pouquinho pior. Oito da manhã e já está quente. A cada instante uma desagradável surpresa. Agora eu sempre me pergunto, porque tanto sangue? E pra que? Mais ou menos quatro 4 litros, aff, E por se não facilitam as coisas. Depois de algumas horas tudo fica pior. Maldito quem inventou a tal de rigidez cadavérica. Sabe, deveríamos ser chamados de heróis, afinal, existe gente demais no mundo. Aliás, existe idiota demais neste mundo e esta não vai acrescentar nada à humanidade. Campanhia, mas que merda, será que não podemos nem trabalhar direito? Droga, por que vizinhos não moram a quilômetros de distância e ligam antes de aparecer. Humm, droga, esqueci que não tenho mais telefone. Ai, ai, ai, vamos ativando a máscara de vizinho querido e solícito. “ - Bom dia Márcia. - Oi Carlos, noite agitada ontem, né? -Humm, porque voc…

Provérbios do Inferno

No tempo da semeadura, aprende; na colheita, ensina; no inverno, desfruta.
Conduz teu carro e teu arado por sobre os ossos dos mortos.
A estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria.
A Prudência é uma solteirona rica e feia, cortejada pela Impotência.
Quem deseja, mas não age, gera a pestilência.
O verme partido perdoa ao arado.
Mergulha no rio quem gosta de água.
O tolo não vê a mesma árvore que o sábio.
Aquele, cujo rosto não se ilumina, jamais há de ser uma estrela.
A Eternidade anda apaixonada pelas produções do tempo.
A abelha atarefada não tem tempo para tristezas.
As horas de loucura são medidas pelo relógio; mas nenhum relógio mede as de sabedoria.
Os alimentos sadios não são apanhados com armadilhas ou redes.
Torna do número, do peso e da medida em ano de escassez.
Nenhum pássaro se eleva muito, se eleva com as próprias asas.
Um cadáver não vinga as injúrias.
O ato mais sublime é colocar outro diante de ti.
Se o louco persistisse em sua loucura, acabaria se tornando Sábio.…