sábado, 14 de janeiro de 2017

Together but allein



Cercado de sorrisos
Abraços e companhias
Fraternos comprimentos
E palavras de alegrias
Mas dentro do abismo da alma
A solidão é perene
Por mais que as fúteis tentativas
De encaixes sejam tentadas




A sensação desolada de não pertencer
A este lugar é gritante
Sorrisos camuflam os reais sentimentos
De quem esqueceu há muito
Certas sensações
Em um mundo onde máscaras sociais
São uma necessidade fundamental
Esta é a minha
A de pertencer a isso

Nenhum comentário:

Postar um comentário