sexta-feira, 4 de julho de 2014

Ecos


"Os ventos trazem consigo
O sopro do passado
Lembranças de eras sinistras
Onde olhos estarrecidos
Contemplavam o medo e o horror
Com grande satisfação
Tempos estes onde a noite
Era a única testemunha
Das maldições que estes olhos viam
Mesmo passados anos,
Os ecos mórbidos
Continuam nítidos no abismo negro da memória
Eles o chamam de volta para aquela terra
Eles o chamam de volta para o lar"

Nenhum comentário:

Postar um comentário